Cafeína Causa Enxaqueca? Saiba Aqui

Aquela enxaqueca, que sempre incomoda e atrapalha a rotina, pode ter uma causa bem mais simples e velada do que se imagina: o cafézinho¹. O exagero no consumo de cafeína pode passar despercebido no cotidiano, mas, o organismo sente esse excesso e a enxaqueca pode ser desencadeada. Então, sim! Cafeína causa enxaqueca.

Segundo estudos, 10% a 20% de toda a população mundial sofre com enxaquecas, que podem ser desencadeadas por uma série de fatores. Hoje já se sabe que alguns nutrientes e certos alimentos são apontados como desencadeantes². Dentre essas substâncias está a cafeína¹, que está presente em chás, chocolates, alguns refrigerantes e, principalmente, no café.

O que é enxaqueca?

A enxaqueca é uma condição neurológica crônica que se caracteriza por episódios de dor de cabeça recorrentes, geralmente unilateral, com duração de quatro a 72 horas. Os sintomas da enxaqueca podem incluir náusea, vômito, sensibilidade à luz e ao som.

Como a cafeína causa enxaqueca?

A ingestão excessiva de alimentos que contenham cafeína está associada à crise de enxaqueca. Isso acontece porque a cafeína estimula o sistema nervoso central (SNC), o que gera uma constrição, ou seja, uma contração, um “aperto”, demasiada dos vasos sanguíneos do cérebro, gerando a dor. E além disso, a cafeína também é uma substância desidratante¹.

Estudos científicos sugerem que a cafeína causa enxaqueca em cerca de 30% das pessoas que sofrem da doença. A cafeína pode agir como um gatilho para a enxaqueca de várias maneiras, incluindo:

  • Aumento da vasodilatação cerebral: A cafeína pode dilatar os vasos sanguíneos no cérebro, o que pode causar dor.
  • Estimulação do sistema nervoso central: A cafeína pode estimular o sistema nervoso central, o que pode levar a alterações nos níveis de neurotransmissores, como a serotonina e a dopamina. Essas alterações podem contribuir para o desenvolvimento de uma enxaqueca.
  • Tolerância à cafeína: O consumo regular de cafeína pode levar à tolerância, ou seja, a pessoa precisa consumir cada vez mais cafeína para obter o mesmo efeito. Isso pode levar a uma crise de enxaqueca quando a pessoa reduz ou interrompe o consumo de cafeína.

Quantidade de cafeína segura para pessoas com enxaqueca

Não há uma resposta definitiva para essa pergunta, pois a quantidade de cafeína segura para pessoas com enxaqueca varia de pessoa para pessoa. No entanto, é geralmente recomendado que pessoas com enxaqueca limitem seu consumo de cafeína a 200 a 300 miligramas por dia.

Uma xícara de café coado comum contém cerca de 100 miligramas de cafeína. Outras bebidas cafeinadas, como chá, refrigerantes e chocolate, também contêm cafeína. É importante ler os rótulos dos alimentos e bebidas para verificar a quantidade de cafeína que eles contêm.

Também, lembre-se que, mesmo que cafeína causa enxaqueca, não é indicado retirar completamente os alimentos com cafeína da sua dieta, isso pode inclusive agravar as crises de enxaqueca¹. Esse efeito acontece porque quando se interrompe o consumo dessa substância, ocorre a vasodilatação (o contrário da vasoconstrição) em excesso. Consequente, há o aumento do fluxo sanguíneo cerebral, causando crises de forte dor de cabeça (cefaléia)¹.

Como identificar se a cafeína causa enxaqueca em você

Se você sofre de enxaqueca, é importante identificar se a cafeína é um gatilho para sua doença. Para isso, você pode seguir os seguintes passos:

  • Mantenha um diário de enxaqueca: Anote todos os alimentos e bebidas que você consumiu nas 24 horas anteriores a cada episódio de enxaqueca.
  • Evite a cafeína por uma semana: Se você costuma consumir cafeína, evite-a por uma semana. Observe se isso reduz a frequência ou a intensidade de suas enxaquecas.
  • Reintroduza a cafeína aos poucos: Depois de uma semana sem cafeína, reintroduza-a aos poucos em sua dieta. Observe se isso desencadeia um episódio de enxaqueca.

Se você identificar que a cafeína é um gatilho para sua enxaqueca, é importante reduzir ou evitar o consumo dessa substância. Você também pode consultar um médico para obter orientação sobre como prevenir e tratar a enxaqueca.

Sabia que cafeína causa enxaqueca?

Se você acha que a cafeína pode estar causando sua enxaqueca, é importante tentar reduzir o consumo de cafeína e observar se isso melhora seus sintomas. Você pode tentar reduzir o consumo de cafeína gradualmente, substituindo bebidas cafeinadas por bebidas não-cafeinadas. Se você reduzir o consumo de cafeína e suas enxaquecas melhorarem, é provável que a cafeína esteja causando seus sintomas.

Ou seja, o importante é ingerir cafeína com moderação, afinal, tudo que levamos ao extremo pode fazer mal. Evite exagerar no consumo de alimentos que sejam compostos de cafeína, isso pode ajudar a amenizar suas crises de enxaqueca!

E, não deixe de conferir nosso post sobre esportes de verão!

Referências:

  1. Indiara Angellys Nunes Neves. Relação entre hábitos alimentares e enxaqueca [monografia]. Brasília: Centro Universitário de Brasília – UniCEUB; 2013.
  2. Helen Corrêa Esteves Iglesias, Roseli Bottura, Maria Margareth Veloso Naves. Fatores nutricionais relacionados à enxaqueca. Com. Ciências Saúde. 2009;20(3):229-240.

Deixe um comentário